fbpx

 


Em 11 de maio, o comentarista político Ben Shapiro twittou um vídeo do Monte do Templo em chamas e disse: “Qualquer um que sugerir que este é um vídeo de judeus celebrando o incêndio no Monte do Templo está mentindo. Esta foi uma celebração do Dia de Jerusalém e os palestinos colocaram a árvore pegando fogo simbolizando um foguete, eles aparentemente visavam os judeus lá embaixo”. Bombas, balas, esquadrões de ataque militares e foguetes de verdade por parte do Exército Israelense não são “fogos de artifício”. Neste vídeo, o Dr. E. Michael Jones descreve o que realmente está acontecendo, essa luta é parte de uma história de 2.000 anos que só vai piorar até que a verdade seja compreendida.

[carousel_slide id=’24435′]

 

O escritor E. Michael Jones fala sobre os eventos no muro das lamentações em Jerusalém e a invasão e queima da mesquita de Al-Aqsa por hordas de radicalistas israelenses, o lugar mais sagrado do islã e onde se encontram locais santos também para cristãos, ao qual os os supremacistas sionistas almejam reconstruir seu “Templo”.  Jones fala em como esses eventos descrevem na atualidade o poderio israelense-sionista mundial e como não mais escondem sua ideologia se supremacismo.

Eugene Michael Jones (1948) é um escritor estadunidense, professor aposentado, comentador midiático e atual editor da revista Culture Wars. É conhecido por suas publicações a respeito do declínio da cultura católica nos EUA a partir da segunda metade do século XX e sua assimilação pela cultura americana de massa.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)