Eduardo Bolsonaro é a favor do revisionismo histórico?

Livros didáticos estão na mira do novo governo Bolsonaro. Segundo declarações do deputado federal mais votado na última eleição, Eduardo Bolsonaro sinaliza revisão histórica sobre a “ditadura militar”. Nesta quinta-feira (10/01/19), em meio à polêmica edição do edital que altera…

Soldados norte-americanos da Segunda Guerra eram perigosos estupradores, afirma livro de Mary Louise Roberts

Trocando meias por beijos e ensinando garotas a dançar, os soldados norte-americanos foram pintados como um “raio de sol bem-vindo” na Europa devastada pela guerra. Mas um livro publicado em 2013 chamado “What Soldiers Do: Sex and the American GI…

Câmaras de gás no antigo Reich

Desde os anos 60, é amplamente aceito entre os historiadores que nunca existiu extermínio nos Campos de Concentração “em solo alemão”. Porém, a mídia ainda insiste em nos divulgar mais mentiras. “Nunca houve campo de extermínio em solo alemão” No…

Patrick Buchanan: Hitler não queria a Guerra contra a Polônia

Patrick Joseph Buchanan, estadunidense natural de Washington D.C., (1938), é um político, colunista e comentarista paleo-conservador [1] norte-americano que serviu como Diretor de Comunicações da Casa Branca durante maior parte do segundo mandato de Ronald Reagan e Conselheiro Sênior nas…

Song Hongbing e A Guerra da Moeda: Sionistas cazares no controle do FED e o sistema monetário global

Em seu livro “Currency Wars” (A Guerra das Moedas, 2007), bestseller na China, Song Hongbing desenvolveu o argumento de que os países ocidentais e particularmente os Estados Unidos são controlados por uma elite banqueiros internacionais, utilizando a manipulação da moeda…

Morre o grande pesquisador revisionista Robert Faurisson

O acadêmico revisionista francês Robert Faurisson, morreu no domingo (21) aos 89 anos. Faurisson acabara de retornar do Reino Unido quando caiu no corredor de sua casa em Vichy, cidade em que morava, afirmou nesta segunda Yvonne Schleiter, sua irmã.…

As origens da Segunda Guerra Mundial

Os pontos de vista inesperados de quatro importantes diplomatas que presenciaram tudo de perto. Apenas considere o seguinte: Joseph P. Kennedy, embaixador Americano na Grã-Bretanha durante os anos que precederam a Segunda Guerra Mundial (1939 – 1945) foi o pai da…

O estudante de história

A ideia certa num mundo errado… Carlos passou no vestibular para o curso de História e, para alegria da sua família de classe média paulistana, conseguiu entrar em uma universidade pública, uma das melhores do Brasil, a USP. Após ser…

A lição iraniana sobre geopolítica e revisionismo

A crise energética provoca rugas de preocupação. É evidente que o Irã possui gigantescas reservas de petróleo e gás e não deseja nada mais do que, com nossa ajuda, processar tais matérias-primas e nos vendê-las, o que acarretaria em uma…

Entrevista com Norberto Toedter: Nacionalismo e socialismo, a solução?

Norberto Toedter conversa sobre liberdade de expressão e crimes de opinião, Integralismo, anti-semitismo, nacionalismo, socialismo e outros temas. Em 23 de maio de 2008, Antonio Caleari e eu entrevistamos o sr. Norbeto Toedter, autor do livro “…e a guerra continua”.…

O relatório da Cruz Vermelha sobre os campos de concentração

“O Relatório da Cruz Vermelha é sobretudo valoroso porque primeiramente esclarece a justificativa legal sob a qual os judeus foram internados nos Campos de Concentração: como inimigo estrangeiro. […] A Cruz Vermelha reclamou que obstáculos a seus programas de ajuda…

Adolf Hitler, um esquecido candidato ao Prêmio Nobel da Paz

No ano de 2014, em Israel e Grã-Bretanha aconteceu um grande debate na mídia sobre um novo livro surgido na Inglaterra, enquanto nos Estados Unidos e Alemanha reina o completo silêncio sobre esta obra extraordinária e que desvenda alguns paradigmas…

Kristallnacht: A noite dos cristais

Um dos episódios negros do período em que o Nacional-Socialismo governou a Alemanha. Fruto da propaganda de atrocidades e ódio de ambos os lados, uma reação espontânea da população, diante do assassinato de um diplomata alemão por um judeu, levou…

Boicote ao nacional socialismo: ontem e hoje

Há 85 anos, a Judeia declarava guerra econômica à Alemanha. A prática em pressionar políticos de Estados altamente endividados (exploração imoral pelos juros) com o boicote econômico não é nova. Hoje em dia, o termo boicote está em desuso. Mais…

Horst Mahler: A guerra e os seus objetivos

Através do Direito, vive-se livre É consenso que o mundo tenha mudado após a Segunda Guerra Mundial. A derrota do Nacional-Socialismo alemão levou consigo um ideário que, levianamente, vem sendo exorcizado desde então. O mundo tenta – em vão –…