Ex-Guarda SS de Campo de Concentração é julgado na Alemanha aos 92 anos sem provas

Um ex-soldado da SS, Bruno Dey, de 92 anos, será julgado na Alemanha por 5.230 acusações de assassinato, acusado da colaboração em campo de concentração de Stutthof, em Danzig (atual Polônia), segundo um tribunal de Hamburgo nesta quinta-feira. Embora não…