PDT cancela candidatura de André Bicho Solto após pressão da esquerda liberal

Nos ajude a espalhar a palavra:

Candidatura é impugnada sem direito a defesa

O PDT, partido democrático trabalhista, cancelou na noite de segunda-feira (21) a candidatura a vereança de André Bicho Solto, pela capital paulista.

O candidato André Bicho solto, não foi notificado pelo PDT sobre a decisão e também não pode se defender da representação que segundo o partido existe contra ele.

Pela comissão de ética partidária, o nome de André foi devidamente aprovado, ou seja, torna-se oficialmente um candidato. A constituição do Brasil garante a todos a ampla defesa e o contraditório, fato não respeitado pela sigla e em consonância com isso, o próprio estatuto do partido determina que qualquer processo disciplinar deve garantir o processo a ampla defesa e contraditório. Coisa que não foi feita nem dada oportunidade ao candidato a vereador André Matos Filho, o André Bicho Solto.

Em verdade, o PDT se quer citou o candidato para que viesse a se defender, se necessário nas três instâncias partidárias, municipal, estadual e federal.

Segundo o colunista João Carlos Goes, escrevendo para o Diário do Brasil na mesma segunda-feira, André bicho solto, representava um perigo para o candidato burguês Gabriel Cassiano, que é apoiado por Carlos Lupi. André, havia ficado em 2° lugar em um teste nas redes sociais promovidos pelo PDT.

Ainda segundo o colunista, Gabriel Cassiano “procurou se justificar” mas na verdade, parece que foi mesmo é festejar a candidatura cancelada de André com sua militância progressista e lacradora no twitter. Parece que o mesmo já apagou suas postagens referentes ao assunto.

LEIA MAIS

O Diário do Brasil apurou durante a repercussão das últimas semanas em vista do escândalo birrento e a gritaria da esquerda progressista a la senhor Soros e RenovaBR (que conta com figuras como Jorge Paulo Lemann e Luciano Hulk) a candidatura de Bicho solto incomodava setores ligados ao PDT diversidade, movimento fraco e pequeno, liderado por ex-comunistas e psolistas.

Interessante notar que até mesmo a página “Quebrando o Tabu”, favorável a Reforma da Previdência, é adorada por esse tipo de pessoa, mas que é dirigida como think thank por um irmão de Luciano Hulk, Fernando Grostein Andrade e seu conteudista Guilherme M.

“Resta ao poder judiciário garantir a candidatura, que foi lesada, a perseguição política e linchamento contra bicho solto merecem reparação na justiça.

A sigla trabalhista virou mais um ‘partididinho’ aonde quem esperneia e é comunista e anarquista tem mais razão que nacionalistas e trabalhistas.”

Mas não é só isso, essas militâncias pela esquerda liberal e progressistas, movidas por think thanks como o RenovaBr, que lançaram figuras obscuras sem passado como Tabata Amaral, que votou pela Reforma da Previdência e apadrinhada pelo próprio Ciro Gomes, colaborador no Consenso de Washington, na criação da farsa do Plano Real e assinante do recente projeto pela privatização das águas, é quem verdadeiramente tem respaldo no antigo partido nacional-trabalhista de Leonel Brizola.

O Diário complementa de forma interessante: “É o fim do PDT, que deverá naufragar em 2020 com ás candidaturas fracassadas no Brasil, o PDT se aliou com a antiga UDN, atualmente PSB, aliança que saíra derrotada, em São Paulo, Márcio França é um candidato que já está derrotado.”

Procurando os porta-vozes do PDT, o Diário do Brasil não obteve resposta.

André Matos Filho, o “Bicho Solto”, candidato a vereador por São Paulo (SP), tem em sua pauta um Projeto de lei de auxílio suplementar municipal ao trabalhador paulista da cidade. Sua proposta e sua postura é pró-povo, falando sua linguagem e defendendo uma abordagem nacional-trabalhista autentica na política, longe do progressismo desconstrucionista e contra valores de nossa sociedade. Parece que o Sistema que usa a esquerda lacradora como “tropa de choque” não gosta nada de quem, em vez de reclamar eternamente – coloca a cara a tapa para fazer…

O candidato, na data de hoje (24) informou em suas redes sociais que entrará com um mandato de segurança em face da decisão inconstitucional do partido.

 Extra

O colunista Eduardo Salvatti se manifestou publicamente nas suas redes sociais sobre o assunto. Confira o vídeo abaixo:


COMPRE NA LIVRARIA SENTINELA

Sentinela Mídia Independente
siga em
Nos ajude a espalhar a palavra:
Gostou do artigo? Você pode contribuir para o site com uma doação:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.