fbpx



Título original: Rienzi, der letzte der Tribunen
Compositor: Wilhelm Richard Wagner
Composição: 1840 – terceira ópera, de cinco atos.
Gravação: Wiesbaden, 1982.
Legendas: Jonas Otávio Bilda
Duração: 2:35:21 h.

Sinopse:

“Rienzi, o último dos Tribunos” é a terceira ópera da obra de Richard Wagner, composta em 1840, com libreto escrito pelo próprio compositor adaptado de romance homônimo do autor inglês Bulwer-Lytton. A obra começou a ser produzida em 1837, quando Wagner fora admitido como diretor musical em Riga, Letônia. Sua duração original é de aproximadamente seis horas, e ainda assim, sua estreia em Dresden foi um absoluto sucesso e trouxe grande renome a Wagner. Seu manuscrito foi encontrado cem anos depois junto a biblioteca particular de Adolf Hitler. Wagneriano desde jovem, sua predileção pelo “Rienzi” foi alvo de recorrentes comentários da parte de seus amigos, aliados e adversários. O presente trabalho de tradução e legendamento foi realizado a partir do libreto alemão e comparado com uma tradução espanhola.

Elenco Principal: Rienzi, Gerd Brenneis; Irene, Jeannine Altmeyer; Adriano, Glenys Linos; Colonna, Heinz Peters; Orsini, Carl-Henning Steinhaus; Cardeal, Eduard Wollitz; Baroncelli, Wolfgang Frey Cecco, Erwin Kurtz; Coro e Orquestra, Teatro e Orquestra Estaduais de Hessen, Wiesbaden.


CONFIRA NA LIVRARIA SENTINELA

By Jonas Otávio Bilda

Psicólogo com formação em Daseinanalyse, Filósofo com formação em Fenomenologia. Escritor livre-pensador, tradutor, revisor e consultor literário. Autodidata em História geral, Religiões comparadas, Teorias da Educação, Literatura e Política. É autor de pesquisas acadêmicas sobre Psicologia Clínica em “O Alvorecer das Artes do Ser” (Luminária, 2016), ensaios filosóficos sobre Educação em “Cartas de um Solícito Acompanhante” (Multifoco, 2018) e pesquisa político-cultural em "A Civilização Eterna" (Clube, 2020); tradutor e organizador do “Livro de Veles” (Multifoco, 2020), e do "Kalevipoeg, o épico da Estônia" (Clube, 2021). Autor anônimo de mais de dez traduções de livros. Amante da Alta Cultura, é autor de artigos na mídia independente O Sentinela.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)