fbpx

Janez Janša, primeiro-ministro da Eslovênia, rotulou os agrupamentos extremista Antifa de organização terrorista internacional após a violência na França.

O primeiro-ministro Janša fez seus comentários no Twitter, dizendo: “A Antifa é uma organização terrorista global. Apoiado pelo capital dos especuladores financeiros forjando lucros às custas do caos causado pelas suas ações”.

O líder esloveno estava reagindo a uma postagem do jornalista americano Andy Ngo que destacou a violência da Antifa na cidade francesa de Nantes, que viu os extremistas tentarem interromper um encontro do escritor conservador e candidato à presidência francesa Eric Zemmour.

De acordo com uma reportagem do jornal Le Figaro, cerca de 600 extremistas se reuniram em Nantes para se opor a Zemmour e alguns gritaram por sua morte entraram em confronto com a polícia.

“Nós sabemos quem foi Joseph Stalin, sabemos as centenas de milhares de mortes que ele causou, essas pessoas são apenas seus descendentes distantes”, disse Zemmour em reação aos extremistas de extrema esquerda.

Imagens da violência, bem como pichações pedindo o assassinato de Zemmour, foram relatadas pelo jornalista francês Clément Lanot.

O primeiro-ministro Janez Janša não é o primeiro líder a rotular a Antifa como um grupo terrorista. O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald J. Trump, exortou o ex-secretário de Estado Mike Pompeo a designar a Antifa como um grupo terrorista no início deste ano, antes de deixar o cargo.

No ano anterior, o ex-procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, afirmou que membros da Antifa estavam envolvidos em violência que equivalia a terrorismo doméstico.

“A violência instigada e executada pela Antifa e outros grupos semelhantes em conexão com os distúrbios é terrorismo doméstico e será tratada de acordo com isso”, disse Barr.

Em 2019, quando o presidente Trump discutiu pela primeira vez a declaração da Antifa de grupo terrorista, figuras de esquerda em toda a Europa, particularmente na Alemanha ocupada, reagiram declarando seu apoio ao grupo extremista antifascista.


Fonte: Daily Archives

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)