fbpx

Por Juan Pablo Vitali

Existem pessoas que sabem manter e respeitar o espírito revolucionário. Existem pessoas que não precisam se apegar às ideias ou à identidade dos outros e sabem como se manter fiéis a si mesmas até o fim.

Os italianos e os argentinos agora são muito parecidos, mas em outras épocas éramos praticamente os mesmos. A esquerda e a direita tentam provar que o peronismo nada tinha a ver com o fascismo, mas isso porque fizeram do peronismo um grande negócio de criminosos de esquerda e de direita.

Tanto Mussolini como Perón proporcionaram a seus povos inesquecíveis períodos de justiça. Se alguém vê as filmagens da época e conhece um pouco da história, é muito difícil dizer que não tiveram nada a ver com isso.

Dizer isso é politicamente incorreto: todo mundo está chateado, mas todo mundo sabe que é a verdade. Também sabemos que os dois líderes acabaram em total solidão, traídos por aqueles que os lisonjeavam e usufruíam do regime. Apenas uma parte do povo permaneceu leal, mas não foi o suficiente.

Sabemos da traição miserável da Igreja e dos capitalistas, sabemos que não somos anticomunistas apenas para nos tornarmos reacionários. Somos o que sempre fomos: uma bela revolução, talvez inacabada, mas nossa.

É hora de voltar ao caminho da revolução italiana, a revolução de Mussolini e Perón.


Fonte: Contra o Sistema Mundial

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)