fbpx

Os riscos potenciais à saúde associados às vacinas de rastreamento rápido são grandes. Em 18 de dezembro, cerca de 3 150 recipientes da vacina relataram “Eventos de impacto na saúde”, de acordo com o CDC dos EUA. Tratava-se de apenas 272.001 doses da vacina administradas até 19 de dezembro.

De acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), um “Evento de Impacto na Saúde” significa que alguém é “incapaz de realizar suas atividades diárias normais, incapaz de trabalhar, necessitando de cuidados médicos ou profissionais de saúde”. A informação foi revelada pelo Dr. Thomas Clark, epidemiologista do CDC no Comitê Consultivo em Práticas de Imunização, um painel independente que fornece recomendações ao CDC.

A propósito, as vacinas de mRNA devem ser administradas duas vezes, e o intervalo entre as duas doses é de cerca de três semanas. Portanto, temos um risco duplo de efeitos colaterais.

VISITE NOSSA LIVRARIA

[carousel_slide id=’21184′]

 

Pelo menos cinco profissionais de saúde no Alasca experimentaram reações adversas depois de receber a vacina Pfizer, relatou o Anchorage Daily News. Um destinatário, uma enfermeira do Hospital Regional de Bartlett, precisou de tratamento de emergência por pelo menos duas noites.

Um hospital de Illinois suspendeu as vacinações depois que quatro trabalhadores sofreram reações adversas.

O Washington Post citou o médico e participante do estudo David Yamane. Relatou calafrios e dores de cabeça, estando tão cansado que adormeceu no sofá à tarde e só acordou no dia seguinte banhado em suor. “Esses sintomas não são nenhuma piada”, disse o profissional médico ao jornal.

As reações alérgicas relatadas que ocorreram em alguns são ainda mais perigosas. Eles podem aparecer na forma de erupções na pele, mas também podem causar falta de ar e colocar a vida em risco. Acredita-se que esta reação seja causada pelas nanopartículas na casca lipídica que envolve o ingrediente, de acordo com o Dr. Peter Marks, diretor do Centro de Avaliação e Pesquisa Biológica da Food and Drug Administration.

Quatro casos de paralisia facial também ocorreram quando testados com a vacina Biontech / Pfizer. O grupo placebo, ou seja, aqueles que receberam uma injeção ineficaz em vez da vacina, não foi afetado.

Os efeitos colaterais mais comuns de curto prazo – não de longo prazo – que o fabricante da vacina Moderna relatou ao FDA foram:

Reação no local da injeção em 91,6% dos pacientes

Fadiga em 68,5% dos pacientes

Dor de cabeça em 63% dos pacientes

Dor muscular em 59,6% dos pacientes

Dor nas articulações em 44,8% dos pacientes

Calafrios em 43,4% dos pacientes

Alguns até argumentaram que a vacina Covid-19 poderia matar 8-16 vezes mais americanos idosos em comparação com nenhuma vacina.

Em outubro deste ano, o secretário de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, Alex Azar, disse que um fundo de contramedidas deveria cobrir lesões causadas pelas vacinas da Covid-19, dando às empresas farmacêuticas imunidade completa contra possíveis processos judiciais.

Mas, como relatou o Wall Street Journal, o fundo não é um remédio para o público americano. De acordo com advogados e especialistas em vacinas, desde que começou a processar os sinistros, o fundo pagou US $6 milhões em 29 sinistros, com uma média de US $207.000 por pessoa, em comparação com US $585.000 em média por pessoa para um antigo fundo de injúrias por vacina.

O novo fundo tem um limite quase impossível para provar a relação entre uma lesão e a vacina, dizem os especialistas. O fundo mais novo também tem um estatuto de limitações mais curto, sem possibilidade de apelações e não paga indenização por danos morais. Foi criado em 2010 para cobrir danos resultantes de vacinas para uma pandemia de gripe ou medicamentos para tratar um surto de antraz ou ebola.

Em novembro, a Índia e a África do Sul abordaram a Organização Mundial do Comércio (OMC) para renunciar às proteções de patentes para o lançamento de vacinas da Big Pharma. Ambos os países disseram que queriam garantir que os países pobres tivessem acesso igual.

“Existem vários relatórios sobre os direitos de propriedade intelectual que dificultam ou potencialmente dificultam o fornecimento oportuno de produtos médicos acessíveis”, afirmam a Índia e a África do Sul. Eles foram apoiados pelo Paquistão, Argentina e Venezuela e muitos ativistas sem fins lucrativos dos EUA.

A Operação Warp Speed ​​da Administração Trump gastou mais de US $ 10 bilhões para o avanço dos testes clínicos, fabricação e distribuição de vacinas, de acordo com o WSJ.


Fonte: Free West Media
Publicado em 21 de dezembro de 2020

Tradução de Maurício Pompeu


VISITE NOSSA LIVRARIA

[carousel_slide id=’21184′]

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)