fbpx
Maioria dos manifestantes pacíficos clamam por responsabilidade eleitoral dentro do Capitólio

Milhares invadem Capitol enquanto GOP [Partido Republicano] entra em ação

Pouco depois das 20h de quarta-feira, centenas de manifestantes se reuniram do lado de fora da entrada trancada da King Street para o Capitólio, gritando “Derrube a porta!” e “Greve geral!”. Momentos depois, a polícia cedeu o controle das portas da State Street e permitiu que a multidão entrasse, juntando-se a milhares que já haviam se reunido no Capitólio para protestar contra os votos. A área externa à Assembleia, que está programada para receber o projeto às 11h de hoje, estava lotada de manifestantes que gritavam: “Não vamos embora. Não dessa vez.” […] O porta-voz do Departamento de Administração, Tim Donovan, disse que, embora os manifestantes estivessem sendo incentivados a sair, ninguém seria removido à força. […] O prefeito Dave Cieslewicz disse que instruiu […] O chefe de polícia Noble Wray não permitiu que seus oficiais participassem da remoção de manifestantes do prédio. A certa altura, as autoridades estimaram que até 7.000 pessoas invadiram o Capitólio, algumas entrando por portas e janelas abertas por dentro, incluindo um escritório legislativo e vários banheiros. Algumas maçanetas e maçanetas das portas foram removidas, disse Donovan. Os policiais acabaram recuando para o terceiro andar, disse Donovan, acrescentando que “vários policiais acharam que a melhor solução era manter todos seguros” e parar de tentar manter as multidões afastadas.

Equipe do State Journal, 10 de março de 2011

Esse artigo não é sobre hoje [06/1/21] em Washington, isso foi cerca de 9 anos atrás em Madison, do Wisconsin State Journal.

Esse tipo de ação da máfia em Madison durou meses em 2011. Mas eles desapareceram pelo “buraco da memória” porque a máfia era democrata. Portanto, eles eram os bons rapazes, não os maus. É difícil lembrar de fatos que contradizem a narrativa.

Em contraste, os LARPers infantis que entraram no Capitólio dos Estados Unidos hoje irão certamente cair na infâmia da narrativa, como os LARPers de Charlottesville. Eles já eram os bandidos designados, então seu mau comportamento se conecta perfeitamente à narrativa pré-fabricada.

Isso não é justo, mas é assim que funciona.

A propósito, os democratas agora favorecem o uso de software de reconhecimento facial para processar os invasores?

VISITE NOSSA LIVRARIA

 

Os democratas se opuseram ao uso do reconhecimento facial para processar dezenas de milhares de saqueadores BLM [Black Lives Matter] filmados assaltando estabelecimentos durante o processo de luto de George Floyd. Mas talvez eles agora tenham uma mudança de opinião sobre a utilidade do reconhecimento facial.

Outra pergunta: quanta confusão teria havido em [Washington] DC se Trump tivesse vencido?

Podemos dizer quem foi a principal ameaça pelo comportamento dos empresários de DC que fecharam suas janelas durante a semana de eleições até que Joe Biden foi anunciado o vencedor.

De WUSA9 em Washington, DC, após Biden ter sido declarado o vencedor pela mídia:

Negócios em [Washington] DC começam a retirar tapumes após preocupações com as eleições de 2020

Os funcionários de DC pediram a todas as empresas e proprietários de imóveis que removessem as tábuas e cercas que foram colocadas na semana passada em todo o distrito.

Autor: Nick Boykin (WUSA9) Publicado: 8:17 PM EST, 8 de novembro de 2020

Funcionários de WASHINGTON – DC no domingo pediram a todas as empresas e proprietários que removessem as tábuas e cercas que foram colocadas na semana passada em todo o distrito. A WUSA9 viu que alguns começaram o processo no domingo à noite, com pessoas ainda comemorando no distrito depois que o ex-vice-presidente Joe Biden foi projetado para ser o presidente eleito por vários meios de comunicação. Não houve toneladas de danos vistos na noite da eleição. Muitos dos temores eram devido à destruição de propriedade que aconteceu depois que a indignação sobre a morte de George Floyd gerou manifestações pacíficas e violentas no Capitólio da Nação.

Em outras palavras, se Trump tivesse, digamos, conseguido um empate 269-269 no Colégio Eleitoral com uma votação das delegações estaduais na Câmara dando a ele um segundo mandato, DC pareceria mais ou menos assim hoje depois que os Manifestantes Principalmente Pacíficos terminassem com isso:

Imagem: Reprodução

Texto original de Steve Sailer
Fonte: The Unz Review – An Alternative Media Selection


VISITE NOSSA LIVRARIA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)