Um ato de misericórdia que salvou a história

Nos ajude a espalhar a palavra:

Em 1980 antes de sua morte, um padre de nome Max Tremmel, considerado um dos maiores organistas da Europa, confessou uma história de um padre, seu amigo e antecessor, Johann Nepomuk Kuehberger [foto acima], que havia salvado em sua juventude um menino de quatro anos de idade de um afogamento, o mesmo afirmou que este menino era… Adolf Hitler.

Não haviam provas que confirmassem o relato de Max, mas os historiadores decidiram buscar alguma prova que desse base a este relato, e que de fato o encontraram.

Receba nossas postagens por e-mail

Em Passau, cidade da Baixa Baviera, as crianças tinham por costume, brincar aos arredores de seus lares, onde em Janeiro de 1894, sobre o rio Inn que estava congelado, um lugar idílico para as brincadeiras das crianças, o gelo havia se quebrado e um menino de quatro anos caiu no rio Inn e começou a afogar-se, quando um jovem rapaz, que anis mais tardes se tornaria padre, estando perto do rio, o salvou. Por esses dias, um jornal de esquerda local, o Donauzeitung-Danube – Passau que é dita “a cidade dos três rios”, juntam-se lá o Inn, o Ilz e o Danúbio, dentre um pequeno recorte, descrevia o rapaz do salvamento como um “camarada determinado” por ter mergulhado no rio Inn para salvar aquele menino que lutava nas águas geladas do Rio Inn. Não sendo mencionado seu nome.

“Haus Am See”, [Casa no Lago], pintura de Adolf Hitler.
Este recorte agregou na pesquisa dos historiadores, os próprios moradores locais foram entrevistados para saber se conheciam essa história, os cidadãos então confirmaram ter escutado que Hitler havia sido salvo de um quase afogamento em sua infância, das antigas famílias de Passau, dando mais credibilidade ao artigo encontrado.

Essa história de afogamento também é retratada no livro chamado Out of Passau- Leaving a City Hitler Called Home [Fora de Passau – saindo de uma cidade que Hitler chamou de lar], de Anna Elisabeth Rosmus, onde a mesma descreve uma história particular de sua família com quem viria se tornar o “Führer” da Alemanha.

Adolf Hitler, com cerca de um ano em 1889/90. Foto: Josef Franz Klinger / Deutsches Bundesarchiv.

Ela escreve em alguns trechos: “A corrente era muito forte e a água gelada, fluindo diretamente das montanhas. Felizmente para o jovem Adolf, o filho do dono da casa onde ele morava foi capaz de retirá-lo a tempo e assim salvou sua vida.”

Entendemos que de toda essa história, é real pelos seguintes aspectos.

O testemunho do padre Max Tremmel deu origem a toda essa pesquisa, a descoberta do recorte do jornal Donauzeitung-Danube – Passau que comprovou a história do padre Max. Até mesmo por conta de Hitler ter nascido em 20 de Abril de 1889, naquele mês de Janeiro de 1894 o mesmo ainda tinha quatro anos de idade, completaria cinco anos somente no mês de abril do mesmo ano. As entrevistas locais e a história biográfica da pesquisadora Anna Elisabeth Rosmus, colaboraram para confirmar essa história.

Em anos posteriores ao ocorrido, Hitler, entre seus generais, contava que quando criança brincava com outras crianças de “cowboys e índios” nas margens do rio Inn, mesmo nunca tendo mencionado esta história.

Fontes de pesquisa:

HALL, Allan. Revealed: The priest who changed the course of history … by rescuing a drowning four-year-old Hitler from death in an icy river. DailyMail Online, News, 6 jan. 2012. Disponível em: https://www.dailymail.co.uk/news/article-2082640/How-year-old-Adolf-Hitler-saved-certain-death–drowning-icy-river-rescued.html#ixzz1ie5fLMp1. Acesso em 23 mar. 2020.

MUTTI, Gérsio; CAVALCANTE, Talita Lopes. História Contemporânea: “Quando Hitler quase se afogou e a possível Dupla Intervenção da Providência Divina?”. Plano Brazil, 21 set. 2013. Disponível em: https://www.planobrazil.com/2013/09/21/historia-contemporanea-quando-hitler-quase-se-afogou-e-a-possivel-dupla-intervencao-da-providencia-divina. Acesso em 23 mar. 2020.

REQUIEMSURVEY. Max Tremmel, 1902 – 1980, Germany. Requiem Survey. Compositores, Disponível em: http://www.requiemsurvey.org/composers.php?id=3073. Acesso em 23 mar. 2020.

MITTELBAYERISCHE. Anna Elisabeth Rosmus: Jetzt schreibt sie über Regensburg. Mittelbayerische. Region, 17 fev. 2008. Disponível em: https://www.mittelbayerische.de/region/regensburg-stadt-nachrichten/anna-elisabeth-rosmus-jetzt-schreibt-sie-ueber-regensburg-21179-art193756.html. Acesso em 23 mar. 2020.

KIURU, Anton. Adolf Hitler – Haus Am See. Kuusankosken lukio. ENA3 18C, Chat: Visual Arts, 28 abr. 2019. Disponível em: https://peda.net/kouvola/kl/kuusankosken-lukio/oppiaineet/englanti/epf/ena3-17a3/chat-visual-arts/ahhas. Acesso em 23 mar. 2020.

DISPONÍVEL NA LIVRARIA SENTINELA

Leonardo Campos
Nos ajude a espalhar a palavra:
Gostou do artigo? Você pode contribuir para o site com uma doação:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × três =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.