Polícia europeia conduz incursões coordenadas a pessoas acusadas de “discurso de ódio” online

Nos ajude a espalhar a palavra:

A polícia europeia (Europol) está monitorando a Internet em busca de quaisquer sinais de “ódio” e respondendo com uma ação rápida. Na terça-feira (3), eles coordenaram ataques em sete países, perseguindo qualquer pessoa que dissesse algo considerado “antissemita”, “xenófobo” ou “odioso” online.

Na Alemanha, 83 apartamentos e outros edifícios foram invadidos com 96 pessoas questionadas sobre suas postagens “odiosas”, que incluem dizer coisas maldosas (verdadeiras) sobre judeus e insultar políticos.

Segundo Al gemeiner:

“Um dos suspeitos é acusado de fazer comentários antissemitas enquanto outro insultou uma política mulher online, disseram os promotores da região alemã de Rheinland Palatinate em um comunicado.”

Imagine insultar um político online, chamando-o de canalha e, em seguida, ter sua porta batida por uma equipe da SWAT com armas em punho.

VISITE NOSSA LIVRARIA

Normalmente esse tipo de coisa envolve apenas a Alemanha, onde o povo alemão tem sido escravizado desde 1945, mas outros países europeus estão entrando em ação.

“As batidas fazem parte de uma campanha anual iniciada por promotores alemães, que se juntaram este ano pela primeira vez pela Itália, França, Grécia, Noruega, Grã-Bretanha e República Tcheca sob a coordenação da Europol. As batidas de terça-feira se concentram em postagens online que promovem o racismo e a xenofobia, disse um porta-voz da Europol. A Alemanha tem algumas das leis mais duras do mundo sobre difamação, incitação à prática de crimes e ameaças de violência, com sentenças de prisão por negação do Holocausto ou incitação ao ódio contra minorias.”

Se os europeus nativos não gostam que políticos de etnia judaica governem seus países e os inundem com hordas de imigrantes violentos, e eles disserem qualquer coisa sobre isso online, eles serão atacados. Isso é uma tirania judaica sionista e supremacistas.

A menos que algo seja feito, podemos esperar ver algo semelhante começar a acontecer também nos Estados Unidos, com muita legislação recentemente aprovada para combater o “racismo” e o “antissemitismo”.


Fonte: Renegade Tribune
Data original: 4 de novembro de 2020


VISITE NOSSA LIVRARIA

Kyle Hunt
Nos ajude a espalhar a palavra:
Gostou do artigo? Você pode contribuir para o site com uma doação:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.