Lançamento Gratuito em Português: “O Wagnerianismo como Concepção de Mundo” para Download

Nos ajude a espalhar a palavra:

A obra do escritor Ramón Bau, “O Wagnerianismo como Concepção de Mundo”, agora pode ser lida em português brasileiro e o melhor de tudo, gratuitamente. Esse trabalho de tradução e notas explicativas foi executado de forma hábil, profissional e prestativa pelo professor, psicólogo e escritor Jonas Otávio Bilda, de Brusque, Santa Catarina, autor de Cartas de um Solítico Acompanhante e O Alvorecer das Artes do Ser em apoio de divulgação com o site O Sentinela, obtendo com exclusividade e, com o interesse maior de informar e trazer atona esta maravilhosa obra sobre o wagnerianismo, a cosmovisão de Richard Wagner, mais do que um músico, um filosofo da imensidade da arte, nas palavras de um dos maiores exploradores do assunto na atualidade, Ramón Bau.

Ramón Bau Fradera (foto ao lado) é um intelectual nacionalista espanhol, nascido em 1949 em Barcelona. Foi um dos fundadores do Círculo Espanhol de Amigos da Europa – CEDADE em 1966. A organização encerrou suas atividades em 1993 e desde então Bau vem atuando no mercado editorial. Amante da obra de Richard Wagner, seus livros e ensaios versam sobre revisionismo histórico, ética e política. Várias de suas obras receberam tradução para outros idiomas e muitas de suas entrevistas podem ser vistas pelo Youtube.

Para muito além de polêmica política e de entretenimento, os ensaios estéticos de Ramón Bau acerca de Wagner são citados como referência para o entendimento universal da obra do artista para muito além deste círculo celeumático da calúnia pública, podendo-se mesmo encontrar citações em sites de estudo musical.O presente ensaio já foi publicado em capa dura, porém circula como domínio público pela rede em castelhano. Esta tradução é uma forma de contribuição particular para com a popularização da obra de Wagner e não para quaisquer fins políticos ou réplicas a polemizações. Todas as suas óperas podem ser assistidas no Youtube, mas nem todas são legendadas. Pelo teor deste ensaio e o pensamento de seu autor torna-se desnecessário justificar a relevância e a originalidade deste que se situa entre os grandes eternos da Arte. Não obstante, duas palavras sobre a tradução.

Como bem aponta Jonas Otávio Bilda (foto ao lado), o estilo de Bau é apresentado pela oralidade, pela ênfase e pela franqueza. Prefere ser simples e conciso à beira do simplório que elucubrar teoricamente em longos parágrafos. Está mais para um fruidor e conhecedor de alta cultura que para erudito e metódico escavador de sutilezas. Seu pensamento instiga à ação. Expõe brevemente porque quer uma mensagem eficaz para o maior público. Assim, lança mão tanto de colóquios de imediata clareza quanto de paráfrases que não prescindem de saber prévio.

As ênfases gráficas foram respeitadas, mas os erros ortográficos e inadequações gramaticais foram categoricamente corrigidas. Notas explicativas e de interpretação foram incluídas para ampliar o acesso à inteligibilidade da obra e, em caso ou outro, demarcar os limites do trabalho de tradução.

Jonas Otávio Bilda, Brusque, 25 de agosto de 2019.

O livro está presenta para download gratuito aqui no site (abaixo, link do feed e biblioteca digital) sendo livre o domínio na internet desta obra.

BAIXAR – CLIQUE NA CAPA
Jonas Otávio Bilda
Siga em:
Nos ajude a espalhar a palavra:

2 thoughts on “Lançamento Gratuito em Português: “O Wagnerianismo como Concepção de Mundo” para Download”

  1. Belas considerações amigo Pedro! Fico lisonjeado por seu ativo interesse e suporte. Com camaradagem não somos apenas mais fortes, como mais livres e mais completos em nosso desenvolvimento e luta comum.
    Forte abraço, bons estudos!

  2. Boa tarde!

    Excelentíssima equipe do Sentinela, e caro Sr. Jonas. Parabéns pelo trabalho de qualidade certamente feito com afinco e paixão, gostaria de agradecer pela disponibilização do livro de forma gratuita, o que ajuda e incentiva o acesso à cultura.
    Meus parabéns!
    Assim que possível irei contemplar a obra, que já se encontra arquivada em meu acervo digital.
    A luta continua!

    Meus sinceros abraços,

    Pedro Conejo Freire

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.