fbpx
Jogador inglês Jaime Vardy destrói bandeira LGBT após comemorar gol com o Leicester City na Premier League

O jogador inglês Jamie Vardy destrói bandeira LGBT na Premier League, após marcar um gol no último minuto com o Leicester City contra o Sheffield United.

O Campeonato Inglês de futebol usou a rodada para uma campanha de ativismo pró-LGBT com bandeiras arco-íris por toda a parte nos jogos. Em sua conta oficial no Twitter, a Premier League havia compartilhado na terça-feira (01): “O #PL reforçou seu compromisso em promover igualdade e diversidade com uma nova aliança de dois anos com @stonewalluk – uma instituição de caridade para lésbicas, gays, bissexual e transgênero no Reino Unido”. O Leicester e o Sheffield também apoiaram a campanha.

Após marcar o gol da vitória do Leicester sobre o Sheffield, Vardy, de criação católica, apelidado de “proper Brexit lad” [o bom rapaz do Brexit] comemorou destruindo a bandeira.

Vardy é conhecido por ser um homem tradicional, pai de 5 filhos. Em 2016, Vardy consagrou suas chuteiras à Santa Rita, a padroeira das causas perdidas.

O placar mostrou o 90º minuto, quando o atacante de 33 anos marcou um golaço para desfazer o empate e fazer 2 a 1. Vardy se tornou um jogador-chave para o Foxes, já que vem somando nove gols em 10 jogos da Premier League. e 11 nos 12 jogos que seu clube disputou até agora. Com a vitória, o Leicester City quebrou o jejum de vitórias vencendo o lanterna competição.

Porém, além do fato de a ação ter lhe rendido o cartão amarelo, algumas críticas caíram sobre o atacante nas redes sociais pelos patrulheiros do politicamente correto teleguiados das grandes industrias transnacionais e dos veículos corporativos de mídia internacional.


 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)