Itália: CasaPound coloca banners contra a política antinacional de governo em todo país

 

Roma, 19 de fevereiro“Bem-vindo à mediocracia”. Este é o texto dos banners que apareceram pela manhã em mais de 100 cidades italianas de norte a sul assinados pela CasaPound Itália. “Tinha que ser o governo dos melhores” – explica o Casa Pound Itália em nota – “pelo menos como tinha sido anunciado e retratado pelos partidos e principais meios de comunicação nas últimas semanas, mas a julgar pelos ministros confirmados ou escolhidos para liderar a nação em um momento tão crítico, simplesmente enfrentamos a divisão usual de assentos e funções de poder a que os italianos estão acostumados. Hoje a Itália entra em uma nova fase, que decidimos chamar de ‘mediocracia’. Enquanto as empresas e comerciantes lutam todos os dias para manter seus negócios abertos, sempre à mercê das zonas coloridas, os desembarques continuam inabaláveis. Todos os italianos são deixados sozinhos, em face do colapso dos cuidados de saúde e reconfirmar ministros como Lamorgese e Speranza é uma verdadeira falta de respeito para com a nação. Além do governo dos melhores: bem-vindo à mediocracia”.

CRÉDITOS: CASAPOUNDITALIA.ORG

“Da Grã-Bretanha ao BCE, Draghi liquidatário do estado”

No dia 6 deste mês, vários cartazes de “Da Grã-Bretanha ao BCE [Banco Central Europeu], Draghi liquidatário do estado” apareceram contra Mario Draghi – banqueiro, político e economista italiano que atualmente serve como Primeiro-ministro do seu país desde do dia 13 -, em mais de 100 cidades italianas assinados pela CasaPound Itália. Ainda nas redes sociais, a campanha  lançou a hashtag #direzionegrecia, lembrando a crise do Estado europeu que começou em 2009. “Depois de mais um jogo de palácio – explica CasaPound em nota – entra em cena Draghi, o homem que em 1992 a bordo do iate Britannia foi condenado a vender a Itália aos grandes financistas. Mario Draghi – diz a nota – um homem ligado ao Goldman Sachs, assim como Romano Prodi, chefe de governo duas vezes, e Mario Monti, imposto em 2011 por Giorgio Napolitano e ainda senador vitalício com capacidade de ser decisivo nas decisões governamentais. Mario Draghi, durante anos à frente do BCE, que lançou a política de austeridade. Mais uma vez, a total subordinação da política italiana às decisões em que a Itália não pode participar é sancionada. Por uma questão de cultura política, porque agora a soberania nacional e a autonomia decisória são vistas mais como um obstáculo do que um princípio cardinal, mas também como uma total incapacidade de gestão. No parlamento só existem figuras cuja única preocupação é manter os seus assentos, assistimos a um governo deprimente pela sua total incompetência e farsa de cinepanetone, enquanto a oposição escorregava das suas responsabilidades ao recusar várias vezes dar ombros decisivos, talvez precisamente por medo de ter que ir para o governo.”

CRÉDITOS: CASAPOUNDITALIA.ORG

Solidariedade o setor esportivo hoteleiro alpino

No último sábado (20), faixas desenroladas pelos militantes da CasaPound Itália nas principais estações de esqui italianas após a repentina reviravolta do ministro Speranza diziam “Não Esperança, mas fatos, salvemos a montanha”.

Em nota, a CasaPound afirma: “Nossa solidariedade vai para o setor esportivo hoteleiro das estações de esqui de toda a Itália, ridicularizada por um pedido de não abertura que chegou fora do prazo, quando as atividades já haviam iniciado a máquina organizacional. É uma loucura que uma portaria tão importante chegue à região de Cesarini com apenas 12 horas de antecedência, estamos próximos dos gestores das atividades assediadas e expressamos toda nossa solidariedade efetiva. Com esta não abertura um ministro da saúde totalmente inadequado como Speranza dá o golpe final ao setor do turismo alpino, cortando pela raiz a possibilidade de estancar as perdas de um ano já terrível. No entanto, Massimo Garavaglia do Lega Nord está no Ministério do Turismo.”

CRÉDITOS: CASAPOUNDITALIA.ORG
CRÉDITOS: CASAPOUNDITALIA.ORG
CRÉDITOS: CASAPOUNDITALIA.ORG

RECEBA NOSSOS LIVROS EM CASA

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)