Google admite que assistente de voz e funcionários escutam usuários pelo celular

Em 2016, uma polêmica se formou em torno do Google por conta da privacidade dos usuários e agora está de volta por conta da bigtech ter confirmado que a sua assistente pessoal e até mesmo alguns dos funcionários ouvem gravações do que os usuários dizem quando dizem “Ok Google” ou apenas estão próximos do celular.

A revelação vem do IndiaToday, onde é afirmado que representantes do Google disseram ao Comitê Parlamentar Permanente de Tecnologia da Informação da Índia que alguns dos seus funcionários escutam conversas feitas entre a Assistente do Google e os usuários dos seus aparelhos, sejam eles celulares ou dispositivos inteligentes.

Em 2019 o Google já havia confirmado que trechos de comandos feitos para a Google Assistente eram enviados ocasionalmente para revisão de seus funcionários. Estes trechos eram desvinculados das suas contas e apenas 0,2% deles eram ouvidos por estes empregados com a finalidade de tornar o recurso mais eficiente.

Entretanto, tudo se torna mais complexo hoje, pois o Google confirmou que trechos de gravações são feitos mesmo quando os usuários não dizem “Ok Google”, dessa forma, o celular ou dispositivo inteligente pode gravar qualquer coisa a qualquer momento.

Para esclarecer melhor, vamos ler um trecho da política de privacidade do Google sobre a Assistente:

Ocasionalmente, o Assistente será ativado quando você não pretendia, porque detectou incorretamente que você queria sua ajuda (como por um ruído que parece“ Ei, Google”). Se isso acontecer, basta dizer Oi Google, não era para você, e o Assistente excluirá o último item enviado ao Google.

É muito interessante notar que há o recurso de dizer “Ok Google, não era para você”, entretanto, o Google nunca evidenciou essa possibilidade, que é mencionada apenas nas pequenas letras da Política de Privacidade que você pode acessar pelo link aqui.

É preocupante notar que estamos sendo gravados o tempo todo pelos nossos aparelhos. Por enquanto, o Google não se manifestou a respeito da declaração do IndiaToday, mas é esperado que ele se pronuncie em breve, visto que a questão é de grande importância sobre a privacidade dos usuários, tema que está cada vez mais em evidência atualmente.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)