Friedrich Nietzsche e a Vontade de Potência

A proeminência dos valores nietzschianos nas mentes dos grandes estadistas do século XX, bem como o valor historiográfico do resgate por Nietzsche empreendido dos ideais tradicionais greco-romanos, são dignos de especial atenção na compreensão do fenômeno nacionalista. Portanto, o texto…

Carlos Alberto Sanches: O A-filosófico, A-científico e Irracional Progressismo

Os acadêmicos progressistas, que se arrogam o direito de decidir o que é ou não “Filosofia”, são os que incluem Platão na bibliografia obrigatória dos cursos apenas por seu valor histórico, pela força que exerceu no desenvolvimento histórico dessa “disciplina”.…

Julius Evola: O falangismo espanhol

Publicado como “Che cosa vuole il ‘Falangismo” em 1937 Enquanto as fases da Guerra Civil Espanhola são seguidas por todos com grande interesse, menos atenção é dada às ideias exatas que inspiram a revolta das forças nacionais espanholas contra o…

Keith Preston: As profecias nietzschinianas

Entre os muitos pensadores grandes e enormemente influentes do século XIX, é Friedrich Wilhelm Nietzsche (1844-1900) quem, sem dúvida, se destaca em termos de possuir as críticas mais profundas e penetrantes da civilização ocidental como era em seu tempo, e…

Carlos Alberto Sanches: Vivemos em uma Ginecocracia?

A academia tem o curioso hábito de escrever a história do pensamento a partir do olhar do presente, o que significa relegar ao âmbito do errôneo e obsoleto — em suma: “ultrapassado” — todos aqueles autores do passado cujas teses…

Carlos Alberto Sanches: O marxismo apenas continua a dessacralizada, profana e utilitarista ontologia burguesa

O problema fundamental da nossa época (clichê começar assim, mas lá vai), de nossa época “burguesa”, é a redução de tudo ao seu aspecto “utilitário” — o que quer que exista, existe para o homem pôr a mão e transformar…

Mykel Alexander: Politeísmo e monoteísmo

Monoteísmo ou politeísmo? Talvez uma das mais fundamentais questões da temática religiosa seja o contraste entre monoteísmo, a existência de um deus apenas, e politeísmo, a existência de vários deuses. Na verdade, esta questão com uma conotação tão antagônica é…

Carlos Alberto Sanches: O que é um “Estado”? Uma resposta tradicionalista radical [Vídeo]

 Patreon: patreon.com/carlosalbertosanches Apoia-se: apoia.se/carlosalbertosanches Email: [email protected] Informações técnicas: Título: What is a “State”? A Radical Traditionalist Answer / O Que É um “Estado”? Data: 28 de maio de 2020 Apresentação: Carlos Aberto Sanches Duração: 4 min. Reprodução: Youtube –…

Carlos Alberto Sanches: Mito e Tempo [Vídeo]

 Patreon: patreon.com/carlosalbertosanches Apoia-se: apoia.se/carlosalbertosanches Email: [email protected] Informações técnicas: Título: Mito e Tempo Data: 18 de junho de 2020 Apresentação: Carlos Aberto Sanches Duração: 5 min. Reprodução: Youtube – Live Áudio: Português Legendas: Inglês

Anti-fascism is watching you: A Guerra de raças e a internalização do inimigo

Em nossos dias, tornou-se comum à Esquerda “desqualificar” seus adversários com a pecha “fascista”. O “fascista”, em sua concepção, é a ameaça interna, a célula nociva gerada dentro do corpo social e que nele ora se oculta ora se revela,…

Alberto Buela: Algo sobre o Belo

Três diletos amigos meus, pensadores e dos bons, o espanhol Javier Ruiz Portella, diretor do periódico El Manifesto; o português Duarte Branquihno, diretor de O Diabo e o francês Alain de Benoist, diretor das revistas Krisis e Élements, se reuniram…

Live: Técnica, humanização, diferenciação étnica

 Patreon: https://www.patreon.com/user?u=24405142 Apoia-se: https://apoia.se/carlosalbertosanches Email: [email protected] Informações técnicas: Título: Técnica, Humanização, Diferenciação Étnica Data: 29 de maio de 2020 Apresentação: Carlos Aberto Sanches Duração: 55 min. Reprodução: Youtube – Live Áudio: Português

Alberto Buela: A enfermidade da alma

Platão, no livro X das Leis, o mais antigo e o mais extenso, ocupa-se de desmascarar os maus poetas e filósofos. Nele, combateu três teses com o objetivo de liberar seus concidadãos da iniquidade, acebéia, delito pelo qual se havia…

Ugo Spirito: O novo corporativismo

Esse texto é a transcrição de uma intervenção do consagrado filósofo fascista Ugo Spirito em um debate realizado na sede do Instituto de Estudos Corporativos em 20 de Dezembro de 1972. Esse diálogo tem, para mim, um significado profundo, porque…

Alberto Buela: Filósofos e o coronavírus

Esse pequeno comentário poderia se intitular “um filósofo crioulo responde os europeus”, pois vários amigos acabaram de me enviar um artigo publicado no periódico de esquerda Página 12 e outro da agência liberal progressista Infobae, intitulados mais ou menos assim:…