fbpx

Autor: Mark Dial

Mark Dyal é um antropólogo cultural cujo estudo institucional dos ultras romanos e da socialização política extrema floresceu em um estudo radical, independente e abandonado de assembléias nômades, apatridia e revolução afirmativa. Enquanto ainda relaciona seu trabalho à Roma contemporânea, Dr. Dyal examina como fenômenos como política extrema, violência habitualizada e transformação fisiológica promovem a criação de comunidades intencionais e espaços de abandono contra o Estado liberal. Ele está atualmente conduzindo um trabalho de campo no sul dos Apalaches que enfoca a particularidade local e zonas de autonomia conceitual e ontológica, lançando uma nova luz sobre os limites da violência e terror patrocinados pelo Estado, políticas de identidade liberal e escravidão salarial capitalista. Ele publica ensaios em sites de direita e anarquistas; artigos em revistas acadêmicas; e livros com Arktos Media. Seu primeiro livro, Hated and Proud: Ultras Contra Modernity, foi publicado em 2018. Também é membro fundador da ROMVLAE GENTI, um coletivo radical com sede em Roma, dedicado ao empirismo deleuziano e à transvaloração nietzschiana de valores e avaliação modernos. Na América, o RG é um coletivo militante que combina experiência militar com treinamento acadêmico para criar espaços abandonados. O Dr. Dyal é o criador do Nietzsche Youth / Derelict Agōgē, um sistema pedagógico e filosófico para criar os filhos para serem os criadores de um Ocidente pós-liberal.
Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)