fbpx

Gustavo Adolfo Luiz Guilherme Dodt da Cunha Barroso (1888 - 1959), foi advogado, professor, museólogo, político, contista, diplomata, folclorista, cronista, ensaísta e romancista brasileiro. Nascido em Fortaleza, Ceará, filho de um advogado brasileiro e uma alemã Primeiro diretor (e fundador) do Museu Histórico Nacional e um dos líderes da Ação Integralista Brasileira, sendo um dos seus mais destacados ideólogos. Membro da Academia Brasileira de Letras (1923), Presidente da ABL, membro da Academia Portuguesa da História; Academia das Ciências de Lisboa; Royal Society of Literature de Londres; Academia de Belas Artes de Portugal; Sociedade dos Arqueólogos de Lisboa; do Instituto de Coimbra; da Sociedade Numismática da Bélgica, do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e de vários Estados; e das Sociedades de Geografia de Lisboa, do Rio de Janeiro e de Lima. Além de fundador da Academia Cearense de Letras e do Instituto do Ceará. É um dos autores mais prolíficos da literatura e da pesquisa nacional, tendo centenas de livros publicados, além de ensaios, artigos, etc.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)