Em nome da “tolerância”, Youtube bane em massa Conteúdo Nacionalista e Revisionista

Nos ajude a espalhar a palavra:

Se a informação é uma guerra, então lutar no campo do inimigo é um erro, a parte mais difícil ou os dois. Concordando com as palavras de protesto do site Inacreditável, que também teve sua conta de vídeos banida, “segundo informado, trata-se da famigerada acusação elástica ‘incitação ao ódio’. Uma acusação que pode ser interpretada de acordo com a posição das nuvens…”

Segue abaixo o informado sobre o banimento da conta do site O Sentinela:

Como mostra o último item “O Google reserva-se o direito de: […] cancelar uma conta a qualquer momento, por qualquer razão, com ou sem aviso prévio.” Com isso, nenhuma notificação foi enviada antes. Vídeos críticos ao sistema financeiro, sobre política nacional, como os do Dr. Enéas Carneiro, vídeos sobre revisionismo histórico, todos foram banidos da plataforma.

Com essa atitude, o bolsão indesejado pelo sistema da Multinacional Google baniu centenas e centenas de canais e vídeos dos mais variados tipos sem qualquer definição a não ser o “politicamente correto”.

Ou é isso ou ser liberal / progressista

Informamos que os vídeos postados em nossa conta no Youtube sempre foram referentes a documentários e reportagens embasadas de pessoas consagradas em suas áreas. Nunca foi postado qualquer acusação leviana nem qualquer “apologia ao ódio” ou ao racismo, mas pontos de vista de diversos assuntos pouco conhecidos, tratados pelos escritores e editores deste site que podem e devem ser discutidos em qualquer lugar a qualquer momento se assim for da vontade e proveito das partes. Todos eles com suas devidas fontes e atribuições devidamente registradas e bem descritas.

O direito a liberdade de expressão não está abaixo do “politicamente correto” imposto pelo Sistema Financeiro Internacional, os think thanks neoliberais-progressistas e cartéis multinacionais através da mídia de massa.

Censura do Facebook

Censura de postagem a página no Facebook do O Sentinela. Um artigo revisionista censurado automaticamente. IMAGEM: Reprodução.

Em passos largos, o establishment das multinacionais e seus monopólios vão banindo qualquer conteúdo nacionalista, revisionista ou anti-politicamente correto da internet aberta.

Devemos mais do que nunca procurar redes e plataformas alternativas. O brasileiro desperto ou pelo menos interessado em ver conteúdo deve sair do marasmo e da inércia e procurar fontes alternativas.

Para isso, nós já nos mobilizamos. Nossa conta no Twitter, empresa que ainda não se vendeu para a gigante Facebook Inc., ou a Google, continua ativa. Nossos vídeos e artigos em vídeos e streaming serão todos transportados para a rede VK (análoga ao Facebook), empresa paralela às gigantes ocidentais que é a segunda mais acessada do mundo e por hora não usa qualquer restrições infames ao usuários. E, para interação rápida, existe nosso chat no Telegram, outra rede análoga ao WhatsApp, porém mais privatiza para o usuário.

Acompanhe-nos em nossas redes sociais. Seu apoio é muito importante.

VK: https://vk.com/osentinelaoficialpage

Telegram: https://t.me/joinchat/HbNYOxXIRt9tTBxSf2BomQ

Siga em:

Sentinela

Site formado em 2013 com foco em história não oficial do Brasil e geral, política, filosofia, economia, cultura e etc.

Com foco geral em análises de um ponto de vista da Terceira Posição Política e do Revisionismo histórico, nossa missão e visão consiste em trazer a verdade (assim como questioná-la, já que nenhuma verdade é absoluta) sobre uma ótica diferente do habitual.

Pense diferente.
Siga em:
Nos ajude a espalhar a palavra:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.