[DOCUMENTÁRIO] Oliver Stone: Ao Sul da Fronteira

Nos ajude a espalhar a palavra:

LEGENDADO

DUBLADO

SINOPSE:

South of the Border” (Ao Sul da Fronteira) é um documentário político estadunidense de 2009, dirigido, escrito e produzido por Oliver Stone. O diretor viaja por seis países da América do Sul e ainda Cuba, em uma tentativa de compreender o fenômeno que os levou a ter governos de esquerda na primeira década do século XXI. Através de conversas com Hugo Chávez (Venezuela), Cristina Kirchner (Argentina), Evo Morales (Bolívia), Luiz Inácio Lula da Silva (Brasil), Fernando Lugo (Paraguai), Rafael Correa (Equador) e Raul Castro (Cuba), é analisado o modo como a mídia acompanha cada governo e o maneira como lidam com os Estados Unidos e órgãos mundiais como o FMI.

Em “South of the Border” (Ao Sul da Fronteira), parte da seguinte interrogação: “o que tem acontecido na América do Sul desde meados o fim da década de 1990? Por que vemos novas figuras políticas de esquerda nas presidências?” Questões que poderiam resultar em um filme que problematizasse os processos históricos sul-americanos.

O documentário examina as políticas econômicas de livre mercado historicamente impostas pelos Estados Unidos e pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) na região e como elas falharam em aliviar o problema crônico da desigualdade social na América Latina. O filme sugere que as calamidades financeiras, como a crise argentina de 2001, combinadas com as desconfianças dos latino-americanos em relação aos programas estadunidenses de erradicação do tráfico de drogas e com um ressentimento generalizado em relação às privatizações, contribuíram para a ascensão de líderes socialistas e social-democratas na região.

O longa estreou na 66ᵃ Edição do Festival de Veneza em 7 de setembro de 2009 no circuito fora da competição oficial pelo Leão de Ouro e lançado em DVD na data de 26 de outubro de 2010.

Sobre o autor

William Oliver Stone, 72, é um cineasta e roteirista estadunidense. Estudou nas universidades de Yale e de Nova Iorque.

Stone escreveu ou participou em quase todos os filmes que dirigiu. Por gostar bastante de fazer filmes que causam alguma polêmica, alguns críticos acusam Stone de ser um teórico da conspiração e que os seus filmes manipulam os espectadores, mas apesar disso muitos consideram também que Stone é um dos melhores realizadores de Hollywood e também o mais controverso.

Ele é autor do livro “A História não Contada dos Estados Unidos”, em co-autoria com Peter Kuznick, que virou documentário.

É ganhador dos prêmios Oscar da Academia (um dos cinco diretores em vida a ter ganho dois Oscar por melhor diretor), Globos de Ouro, Prêmios BAFTA e Festival de Berlim e Cannes.

Entre sua filmografia estão filmes como: Platoon, Wall Street – Poder e cobiça, The Doors, JFK – A pergunta que não quer calar, Assassinos por natureza, Nixon, Wall Street – O Dinheiro Nunca Dorme, Snowden: Herói ou Traidor, etc. Confira aqui a filmografia completa.

Referências de pesquisa:  Wikipédia I AdoroCinema I CineClike

Nos ajude a espalhar a palavra:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.