Alemães Reagem Após “Refugiados” Cometerem Mais um Assassinato em Chemnitz

Nos ajude a espalhar a palavra:
Milhares de policiais foram posicionados nas ruas da cidade de Chemnitz, Saxônia, no leste da Alemanha, depois que uma enorme multidão de alemães se reunir para protestar contra o ataque de imigrantes com status de “refugiados” após outro cometerem outro assassinato na cidade.
De acordo com um comunicado divulgado pela polícia na Saxônia, as multidões se reuniram depois que “houve várias chamadas nas mídias sociais para estar na área interna da cidade” após o ataque contra os cidadães por gangues de supostos “refugiados” não-brancos.
O comunicado da polícia dizia que as pessoas começaram a se reunir no centro da cidade às 3 da tarde e, em uma hora e meia, a multidão inchou com outras “cerca de 800 pessoas” que se reuniram na área do Monumento de Karl Marx.

“Mesmo quando representantes da cidade e da polícia tentaram iniciar uma conversa com os supostos líderes do grupo, a multidão de repente começou a se mexer”, continuou o comunicado da polícia. […] O grupo de pessoas não respondeu às chamadas da polícia e não mostrou vontade de cooperar. As pessoas correram pela rua Bridge e entraram na rua Theatre. De lá, eles se mudaram para o centro da cidade. Os participantes gritavam “Somos o povo!” e “Esta é a nossa cidade!”.

Por volta das cinco da tarde, a multidão se tornou um tumulto: os “refugiados” imigrantes fugiram para salvar suas vidas quando jovens alemães os atacaram em vista aberta, e a polícia que tentou intervir também foi atacada.
Alguns desses incidentes foram capturados e compartilhados nas mídias sociais.
Os protestos – que devem continuar – foram desencadeados por um ataque com faca em que um alemão de 35 anos sofreu recente na área, que o levando à morte. O promotor na cidade emitiu mandados de prisão para um sírio de 23 anos e um iraquiano de 22 anos, que foram posteriormente detidos e já compareceram perante um magistrado.
Eles são acusados de esfaquear o alemão várias vezes depois de “uma briga verbal anterior no centro da cidade”.
De acordo com a mídia local, a luta aconteceu depois que “refugiados” imigrantes não-brancos começaram a assediar algumas garotas alemãs, e os homens vieram em sua ajuda.

O www.osentinela.org é um projeto de mídia informativa de viés nacionalista e tradicionalista brasileiro mantido pela própria equipe, escrevendo, editando e atualizando de forma pontual, além dos nossos leitores e seguidores de nossas mídias sociais.O conteúdo sempre será livre e de forma gratuita, mas se você quiser incentivar esse projeto, poderá fazer com qualquer valor. Assim, estará sendo VOCÊ o financiador daqueles que acreditam na causa nacional.

 
Outras formas de doação? Entre em contato: osentinelabrasil@gmail.com
Nos ajude a espalhar a palavra:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.