A Crença de Goebbels

Nos ajude a espalhar a palavra:

Primeiro você começa a ideia. Após começar, obtêm os camaradas, quando os obtêm, começa a sair nas ruas, uma vez nas ruas você consegue adesão das pessoas, quando você começa a obter apoio do povo, você podem obter o Estado.

Goebbels deu um passo decisivo para a frente no Dia do Arrependimento em 1926 quando fundou a Associação Nacional-Socialista para Liberdade. Ao fazê-lo, ele estava implementando um antigo plano seu. De volta a Elberfeld, ele esperava colocar o pessoal e as finanças do partido local em bases sólidas, embora modestas, criando um quadro fortemente organizado, um “círculo de doadores comprometidos”. Em Berlim, a Associação associou entre duzentos e quatrocentos partidários que se comprometeram com doações mensais, totalizando quatrocentos marcos, o que permitiria ao Gauleiter financiar as primeiras surtidas na luta pela capital alemã.

Goebbels enfatizou o ativismo implacável, não as técnicas de persuasão favorecidas pelo círculo de Strasser. Para Goebbels, que havia estudado com cuidado a Psicologia das Massas (1911) de Gustave Le Bon (1911), o ativismo era inseparável da propaganda, que ele considerava “completamente proteica”, já que tinha que se adaptar às condições existentes. No caso de Berlim, isso significava levar em conta a estrutura política e social particular daquela cidade (na época) e seu pulso de vanguarda agitado. “Berlim precisa de sensações tanto quanto um peixe precisa de água”, Goebbels logo percebeu que “qualquer propaganda política que não consiga reconhecer isso vai errar o alvo”.

Frente Germano-Soviética: Reichspropagandaminister Goebbels recebe em Lauban (Baixa Silésia) o premiado com o EK II de 16 anos Willi Hübner, que foi enviado durante os combates pela cidade em março de 1945 pelos fascistas nas trincheiras. ADN-ZB / Archiv9.3.1945II. Guerra Mundial 1939-45

Então, era uma questão de atrair atenção, qualquer que fosse o preço. Isso tinha que acontecer em público, nas ruas. Na era das massas, Goebbels comentou mais tarde: “Aquele que pode conquistar as ruas pode conquistar as massas; e quem conquista as massas conquista o Estado ”. Para preparar os doadores e partidários comprometidos para o seu futuro papel, o treinamento em oratória tinha que ser providenciado, pois “o fascismo e o bolchevismo eram formados por nada mais nada menos que o grande orador, o grande formador de palavras! Não há distinção entre o orador e o político”. Em 16 de novembro de 1926, ele já havia estabelecido uma escola para oradores.

O espancamento que seus camaradas do partido receberam nas mãos dos comunistas deixou claro para Goebbels que a época ainda não estava madura para tais marchas de propaganda. Por enquanto, ele teve que se concentrar na formação ideológica de seu pequeno grupo de apoiadores, o que fortaleceria a lealdade nas fileiras. Mais tarde Goebbels apontaria para “a ideia” como o pré-requisito para qualquer propaganda. A ideia não precisava ser explicada em um livro grosso; em vez disso, deve conter “um tema simples e prontamente compreendido”.

“Você nunca encontrará milhões de pessoas que darão suas vidas por um livro. Você nunca encontrará milhões de pessoas que darão suas vidas por um programa econômico. Mas milhões de pessoas um dia estarão preparadas para morrer por uma crença”.

Fonte: Volkish.org

EXTRAS:

VEJA TAMBÉM

Host Wessel: O Sentido da Resistência Nacionalista

Hermann Göring: Nacionalismo e Socialismo

Reinhold Leidenfrost: A vida dos alemães sob Adolf Hitler

Siga em:

Sentinela

Site formado em 2013 com foco em história não oficial do Brasil e geral, política, filosofia, economia, cultura e etc.

Com foco geral em análises de um ponto de vista da Terceira Posição Política e do Revisionismo histórico, nossa missão e visão consiste em trazer a verdade (assim como questioná-la, já que nenhuma verdade é absoluta) sobre uma ótica diferente do habitual.

Pense diferente.
Siga em:

Últimos posts por Sentinela (exibir todos)

Nos ajude a espalhar a palavra:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.