2081 – O Controle da Igualdade

Nos ajude a espalhar a palavra:
O curta é baseado em um conto chamado “Harrison Bergeron” de Kurt Vonnegut, que teve uma primeira versão em 1996, mais romanceada e feita para TV.
Na história, ou conto, estamos no ano de 2081, quando algumas leis entram em vigor e determinam que os cidadãos devam ser, obrigatoriamente, iguais em todos os sentidos. Os mais fortes usam pesos para serem equiparados aos mais fracos, os mais belos usam máscaras e os mais inteligentes são vetados através de um alarme/choque quando têm boas ideias. É uma época em que a população é nivelada em todas as formas e a igualdade chegou ao seu extremo.
a adaptação do conto de Vonnegut e seu teor é uma crítica feroz à cultura de massa. Simbolismos que mostram um futuro sombrio de uma sociedade conformada e presa ao ser medíocre.
O curta é apresentado pela The Moving Picture Institute e produzido por Thor Halvorssen e Chandler Tuttle, que também é autor do filme.
Legendas em português – áudio em inglês

Veja Também:

 

 

O www.osentinela.org é um projeto de mídia informativa de viés nacionalista e tradicionalista brasileiro mantido pela própria equipe, escrevendo, editando e atualizando de forma pontual, além dos nossos leitores e seguidores de nossas mídias sociais.O conteúdo sempre será livre e de forma gratuita, mas se você quiser incentivar esse projeto, poderá fazer com qualquer valor. Assim, estará sendo VOCÊ o financiador daqueles que acreditam na causa nacional.

Outras formas de doação através do contato osentinelabrasil@gmail.com

Siga em:

O Sentinela

Site formado em 2013 com foco em história não oficial do Brasil e geral, política, filosofia, economia, cultura e etc.

Com foco geral em análises de um ponto de vista da Terceira Posição Política e do Revisionismo histórico, nossa missão e visão consiste em trazer a verdade (assim como questioná-la, já que nenhuma verdade é absoluta) sobre uma ótica diferente do habitual.

Pense diferente.
Siga em:

Últimos posts por O Sentinela (exibir todos)

Nos ajude a espalhar a palavra:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.