Volkswagen Fusca: Como Uma Ideia de Adolf Hitler Tornou-se Um Ícone do Design Automotivo

Nos ajude a espalhar a palavra:
“Uma ideia que veio de Hitler se tornaria o carro mais vendido de todos os tempos.”
Em 1945, um raro e curioso carro da Volkswagen (do alemão: ‘carro popular’) foi enviado de sua fábrica alemã danificada pelas bombas para a Inglaterra. Aqui, uma comissão dos principais fabricantes de motores britânicos, presidida por Sir William Rootes, inspecionou o pequeno e aerodinâmico salão. Seria “pouco atraente para o comprador médio de automóveis”, informou a comissão. “É muito feio e barulhento”, enquanto “construir o carro comercialmente seria um empreendimento completamente antieconômico”.
Este julgamento condenado provou-se tão infundado quanto o dos chefes da Decca que, em 1962, declararam “Os Beatles não têm futuro no show business”. Desde então, as vendas globais de discos altamente lucrativos dos Beatles superaram os dois bilhões de dólares. O Fusca, por sua vez, com seu estilo amigável do estilista austríaco Erwin Komenda e a engenharia inovadora de Ferdinand Porsche, tornou-se o carro mais vendido de todos os tempos.
Imagem relacionada
A produção do Beetle (conhecido no Brasil como ‘fusca’) superou a do modelo-T de Henry Ford quando o carro de 15.007.034 decolou em Wolfsburg em 1972. Os últimos Beetles foram fabricados no México em 2003 quando mais de 21,5 milhões de unidades foram construídos em todo o mundo. Como seu nome deixou claro, o Volkswagen era realmente um “Carro do Povo” e, embora muitas modificações tenham sido feitas entre 1945 e 2003, o primeiro e o último Beetle eram claramente do mesmo “casulo mecânico”.
Veículo estrela
A coisa notável sobre o “Beetle” (ou ‘Fusca’, no Brasil), que significa “besouro”, em inglês, não é apenas o grande número de vendas, mas o fato de um carro ter se desenvolvido a partir de uma ideia de Adolf Hitler ter se tornado tão amado pelos surfistas californianos, garotos universitários e hippies, de uma forma que os nacionais socialistas alemães jamais iriam esperar. “Herbie” – a estrela antropomórfica de seis filmes de Hollywood que começou com “The Love Bug” (‘O Amor de Bug’), em 1968 – era o mesmo carro que as famílias alemãs haviam comprado a preço popular antes da reposta militar contra a Polônia ter frustrado os planos desenvolvimentistas de Hitler.
Ferdinand Porsche apresenta a Hitler o projeto do carro popular que o chanceler alemão almejava
Em última análise, a qualidade absoluta, juntamente com a acessibilidade, confiabilidade, economia e aparência distinta do Fusca, garantiu o seu sucesso. Tinha, no entanto, sido uma sorte continuar na Volkswagen após 1945. Embora o carro estivesse na prancheta desde 1934, após uma reunião entre Hitler e Porsche, o Volkswagen não conseguiu entrar em produção antes da guerra.
A ideia tinha sido um pequeno automóvel que poderia levar uma família alemã de cinco pessoas a 100 km / h pelas novas “autobahns” (auto-estradas) do país. Custaria 990 Reichmarks, o que representava 31 semanas de pagamento para o trabalhador médio alemão em 1936, tornando-o mais barato do que os £ 100 dos fabricados na Inglaterra (31 semanas de pagamento para o trabalhador médio britânico em 1936 custava em média cerca de £ 100). Para comprar um, no entanto, o “volk” (povo) teve que se juntar a um esquema de poupança especial administrado pela organização KdF (Kraft durch Freude, ou ‘Força pela Alegria’); de 1938, a Volkswagen foi nomeado oficialmente “KdF Wagen”.
Resultado de imagem para vw kdf
Ferdinand Porsche apresentando a Hitler o modelo conversível Volkswagen.
Houve pouca alegria, porém, em campos da engenharia rivais. A Tatra, empresa automobilística tcheca, afirmou falsamente que a Porsche havia infringido várias patentes de design, especialmente as de Hans Ledwinka, um engenheiro austríaco muito admirado por Hitler. A Tatra entrou com uma ação legal, mas quando houve a anexação da Áustria, os protótipos semelhantes a VW de Ledwinka foram nacionalizados. Em 1961, no entanto, a VW fez um pagamento substancial à Tatra através de um acordo extrajudicial. Mas até então, porém, a Volkswagen havia conquistado o mundo.
Em 1945, a fábrica e o carro foram salvos pelo major Ivan Hirst, oficial do exército britânico e engenheiro. Hirst havia testemunhado em primeira mão a pura qualidade dos veículos militares baseados em VW durante a guerra e acreditava que, uma vez em produção num tempo de paz, o Fusca teria um apelo bem além da Alemanha.
Resultado de imagem para nazi vw
Tamanho importa
Vendido para os Estados Unidos em uma grande campanha publicitária chamada “Think Small“, lançada em 1959 e concebida pela agência de Nova York, Doyle Dane Bernbach, o Beetle se tornou o carro estrangeiro mais vendido nos Estados Unidos nos anos 60.
Ele passou a vender de várias formas, como um soft-top, um carro esportivo – o svelte, VW Karmann Ghia – e como uma van Camper interminavelmente na moda. Um “New Beetle“, baseado na planta do VW Golf, o substituto do Beetle (Fusca), começou a ser vendido em 1998, embora isso sempre tenha sido uma espécie de paliativo mecânico, e não a coisa real.
Fabricação em série do modelo de auto-móvel popular e de design sofisticado tornou-se popular na década de 1940
Hoje em dia, apesar da recessão global, há muito mais dinheiro no mundo, então a natureza elementar do Fusca (Beetle) honesto-a-bondade parecerá um pouco severa demais para aqueles que sonham em comprar, digamos, um Bentley. Mas, em uma reviravolta quase cômica, a Volkswagen agora é proprietária da Bentley. Mas, por mais sofisticado que seja, um Bentley de elite nunca poderá ser um carro do povo. Poucos carros, desde então, realmente fizeram jus ao nome “popular” como um inventado por um brilhante engenheiro boêmio e um líder alemão nascido na Áustria há setenta anos, que superou até mesmo os carros com ar-condicionado.
Resultado de imagem para nazi vw

Outras formas de doação? Entre em contato: [email protected]

Andre Marques
Siga em
Nos ajude a espalhar a palavra:
Gostou do artigo? Você pode contribuir para o site com uma doação:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.