Liberdade de Expressão? Polícia Espanhola Prende Donos do Site Alerta Judiada

Nos ajude a espalhar a palavra:

A censura internacional ataca novamente quando o “Sistema” se sente incomodado com a verdade dos fatos. Conteúdo grotesco e desinformação de toda a espécie é espalhado cotidianamente, de forma gratuita, explícita e oficial pelos meios de comunicação da grande mídia de massa, mas quando surgem canais e pessoas interessadas em tratar da verdade histórica sobre o Nacional-Socialismo, a verdadeira face do Globalismo e do Sistema Financeiro Internacional, assim como o envolvimento do Sionismo em tais assuntos, então gastasse milhões para que isso seja desfeito.

Agentes da Polícia Nacional, em colaboração com a Europol e a Polícia Federal da Suíça, prenderam responsáveis ​​pela seção espanhola de um dos mais proeminentes sites de denúncia história e ativamente anti-sionista em nível mundial.

Os três responsáveis pela plataforma espanhola, homens espanhóis entre 21 e 23 anos, que não tiveram os nomes divulgados pela imprensa do país foram detidos em Barcelona, ​​Tarragona e Zaragoza.
Além disso o dono do site, que também não teve nome divulgado, também foi autuado. Ele também é um cidadão espanhol, de 29 anos, que atualmente morava na Suíça.
Com 50.000 assinantes e cinco canais de transmissão de vídeos, traduzidos em mais de 20 idiomas, entre eles francês, coreano, grego, italiano, russo ou polonês, a imprensa espanhola enfatizou bastante a direção do ativismo anti-sionista do Alerta Judiada, sob acusação de anti-semitismo e xenofobia. Além da punição sob acusação de “incitamento ao ódio” por a plataforma se posicionar contrária ao movimento LGTB, o movimento feminista e movimentos ou ideias de multiculturalismo… como sempre, o Sistema Financeiro Internacional não gosta quando atacam seus “filhos”.
Foi em abril de 2017 que eles organizaram a abertura da seção em espanhol do site, uma revista online baseada nos Estados Unidos, de língua inglesa, bem conhecida internacionalmente e usada principalmente para a distribuição massiva de conteúdo. O ‘Jewish Alert’.
O conteúdo em espanhol buscava agregar conteúdo direcionado a Espanha e na América Latina.
A Espanha pós-Franco pode ter a algum tempo revogado a “lei da mordaça” europeia que punia como crime federal qualquer que questionasse a legitimidade do suposto e não comprovado “holocausto judaico”, entretanto teima em prender ativistas nacionalistas e nacional-socialistas por um indireto crime de opinião como é o caso de Pedro Varela e as tentativas de boicote e desarticulação do antigo CEDADE, de Ramon Bau.
Fonte da Notícia: Canalsur.es

 

Outras formas de doação? Entre em contato: osentinelabrasil@gmail.com

Siga em:

Andre Marques

Brasileiro, estudante de Direito e atuante na área de marketing é fundador e editor do site O Sentinela (abril de 2013).
Andre Marques
Siga em:
Nos ajude a espalhar a palavra:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.