Enquanto Paris de Macron está em chamas, Roma de Salvini brilha com italianos em primeiro lugar

Nos ajude a espalhar a palavra:

Para comemorar seis meses no poder, o vice-primeiro-ministro italiano, Matteo Salvini, realiza um comício de “italianos primeiro” em Roma. Na mesma época, Paris estava em chamas, enquanto milhares de manifestantes queriam que Macron deixasse o cargo.

Em seu discurso a 80 mil apoiadores, o vice-primeiro-ministro e populista disse em relação aos protestos vizinhos de Coletes Amarelos: “Aqueles que semeiam a pobreza colhem protestos, aqueles que semeiam promessas falsas colhem a resposta daqueles que vivem nas margens e no campo”.

Sua declaração foi recebida com aplausos da multidão de italianos que viram seu governo manter a promessa depois da promessa ao povo italiano.

O líder da Liga Norte prometeu continuar colocando os “italianos em primeiro lugar”, o que o governo de coalizão teve sucesso nos primeiros seis meses. Apoiadores presentes agitaram bandeiras que traziam o slogan “Italianos primeiro”, segundo a Agence France-Presse.

Ele disse à multidão, no que diz respeito ao processo disciplinar iminente da Comissão Europeia sobre o orçamento proposto: “Nós não temos medo de nada e ninguém”.

Salvini explicou que a atual coalizão entre o governo Lega e o M5S duraria cinco anos. No final do seu discurso, o ministro do Interior disse à multidão que: “Unidos vamos vencer”.

Fonte: Voice of Europe

Andre Marques
Siga em
Nos ajude a espalhar a palavra:
Gostou do artigo? Você pode contribuir para o site com uma doação:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.