fbpx

A sinarquia global adora esse tipo de coisa hedionda. Papo “conspiracionista“? Eis o front de batalha que se abre, tenha coragem pra enfrentar. Muito se fala no Brasil de hoje sobre as questões que envolvem a perversão da arte e da cultura tanto quanto a visão social principalmente acerca de sexualidade e como ela deve ser vista pelas pessoas comuns. O que está por trás disso?

Uma das verdades levantadas é a realidade dos círculos e redes internacionais de pedofilia “blindados” pelos mais poderosos (os poderosos que financiam e apoiam todo tipo de imundice psico-social) que participam da política, imprensa e outros círculos de poder ao redor do mundo. Eles protegem seus agentes, eles se indignam quando são questionados, suas porta-vozes (mídias adestradas) propagam todo tipo de absurdo sexual 24 horas por dia.

Alain Soral demonstra que o simples embate “homossexualidade x heterossexualidade” será infrutífero se não entendermos que houve e ainda há um extremo uso porte parte de grupos doentios que dominaram a opinião, colocaram uns contra os outros e isso nos levará a destruição.

Informações Técnicas

Áudio: francês
Legendas: português – Nova Direita Cultural
Duração: 06:43 min.

 

By Alain Soral

Alain Soral (1958), é um escritor, sociólogo, ensaista, jornalista e produtor cinematográfico francês, conhecido principalmente por suas visões políticas que passaram do comunismo pró-URSS a ideais revolucionários nacionais, focados na luta contra a Nova Ordem Mundial. Ele dirige o grupo Égalité et Réconciliation, que tem produzido livros e debates sobre variados temas de interesse social na França. Ele tem diversos ensaios, romances e dois filmes produzidos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Quer receber nossas notificações?    SIM! Não, obrigado (a)